Musicoterapia para a Maternidade Matriarcal: Partos naturais sem doenças induzidas pelo toque patogénico de médicos e enfermeiros! Melissa Morgan and Diane Clarke – Invocation to Isis

From World Health Service

Na natureza quem tenta aproximar-se das crias de uma fêmea, morre na hora!!!

Mulher que não garante a segurança de sua prole recém-nascida, não permitindo toque nem possessão de qualquer lixo ou governo em sua cria, não presta para parir!” – Vapera

Foto de Parto Natural em Água censurada pelo Facebook!

Por isso é que eles não querem os bebés a nascer nas águas!!! Todos os nascimentos deviam e têm de ser feitos dentro da água!!! Porque a vida nasce da água! Mãe, Madre, Mar, Água! A maior parte dos problemas nos nascimentos deve-se precisamente a isto, os bebés não nascem dentro de água e as grávidas têm dificuldade em ter os seus bebés e o primeiro toque que os bebés recebem é o toque de um mérdico ou de uma enfermerda eugénica que odeia crianças mas adora abortos, em vez de ser o toque da Água, do Mar, da Madre, que mantém a ligação entre a Mãe (Madre Humana), o Mar (Madre Terra) e o bebé (o Sol, Sun, filho). Não há separação entre as Águas!

Ancestralmente as mulheres tinham os seus bebés dentro da água, nos rios ou oceanos com água salgada e mineralizada! A água mineralizada e salgada evita qualquer problema durante o nascimento porque o sal e os minerais e todos restantes elementos que a água do mar tem, são estimuladores, catalisadores (catiões, iões carregados com carga eléctrica positiva provenientes da Heliosfera), que mantém a energia em movimento e faz com que o bebé nasça facilmente, com fluidez e rapidamente, sem qualquer problema quer para o bebé quer para a Mãe!

Essa prática tem de ser resgatada e temos de voltar a ela urgentemente ou então a humanidade será totalmente destruída e cibernizada com toques de médicos, reproduções medicamente assistidas e úteros artificiais, separada da Mãe, da Madre, do Mar, da Terra, do Sistema Solar e separados da Galáxia e das energias Cósmicas essenciais à Vida! Que é o que eles estão a fazer e querem continuar a fazer! – Continuar a ler

O 1º toque que um bebé recebe quando nasce que é na sua grande maioria de um médico ou de um estranho ao bebé como as enfermeiras, e por isso é que as boas parteiras nunca tocam no bebé nem na mãe para não violar a ligação entre mãe e filho, para não alterar o magnetismo da mãe e do seu bebé. Podem ver aqui neste vídeo um exemplo de como deve ser um parto natural.

Esse 1º toque é fundamental porque é a primeira impressão que o bebé vai ter no mundo físico! É um diapasão (sintonização através da vibração magnética do toque) que o bebé vai receber e que vai influenciar o seu campo electromagnético, ou seja, o bebé vai ser atraído e tocado pelo corpo do médico ou de outra pessoa estranha qualquer que vai induzir as propriedades do seu campo electro-magnético no corpo do bebé, violando e alterando dessa forma o campo electromagnético do bebé que está ligado com o campo electromagnético do corpo da sua mãe!

O campo electromagnético do bebé e da sua mãe é violado no momento do parto com consequências negativas a nível familiar e pessoal quer da mãe quer do bebé, porque o bebé quando nasce é dissociado, dessintonizado dos seus pais e desalinhado do campo magnético da sua mãe! Por isso é que o primeiro toque que um bebé recebe tem de ser sempre o toque da sua mãe e do seu pai para manter a integridade do campo magnético do bebé alinhado e sintonizado com o campo magnético dos pais.

As autoridades deste mundo não querem que as pessoas encontrem a sua alma gémea e por isso é que ao longo da história desde sempre separaram os sexos, nos colégios separavam os homens das mulheres, na religião separam os homens das mulheres, na política só recentemente é que as mulheres começaram a ter voto na matéria, na maior parte dos desportos eles separam os homens das mulheres, tudo o que essas bestas desgraçadas fazem é para separar o sexo masculino do sexo feminino para evitar o reencontro e a união das almas gémeas porque esse reencontro e essa união gera um vórtice de energia muito forte que purifica, cura e eleva espiritualmente tudo e todos!

É isto que eles querem impedir com a institucionalização forçada de crianças, retiram os filhos às famílias pobres biológicas, andam sempre com os jovens, estudantes, professores, trabalhadores e familiares de um lado para o outro, e dificultam a vida às pessoas para elas nunca encontrarem a sua alma gémea. – Continuar a ler

Os planos de parto são um Cavalo de Tróia para aprisionar os Portugueses em Gulags (Smart Cities que começam nos Hospitais), continuar a destruir o Matriarcado, acabar com a autoridade das Mães sobre os seus Filhos e obrigar os bebés que nascem a se alimentarem com fórmulas infantis em vez de mamarem nas Tetas da sua Mãe!

A praga dos carrinhos de bebé!

One thought on “Musicoterapia para a Maternidade Matriarcal: Partos naturais sem doenças induzidas pelo toque patogénico de médicos e enfermeiros! Melissa Morgan and Diane Clarke – Invocation to Isis

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.